Luna Lupus: Meus Cães.

domingo, 9 de junho de 2013

Meus Cães.

Oiii Criaturas da Noite (mais uma vez)!

Hoje vim dar-vos a conhecer os meus meninos caninos. :p
Certamente alguns de vocês já os conhecem a todos, outros só conhecem o meu menino especial, o Oscar.
Hoje terão oportunidade de os conhecer a todos e estão todos por ordem de chegada cá a casa.


"Alex"
Mistura de Baixote Miniatura

O "Alex" chegou cá a casa quando eu tinha seis anos. O meu tio ia mudar de casa e não sabia o que havia de fazer com os seus cães uma vez que só podia levar duas cadelas com ele. Antes que alguém pudesse dizer alguma coisa e antes que o meu tio os abandona-se, ofereci-me para ficar com o "Alex" e o "Ricky", o pastor alemão do meu tio. Os dois chegaram cá a casa uma semana depois. O "Ricky" partiu no ano passado com 16 anos e o "Alex" está quase a completar os seus 17 aninhos. :3
É um doce. 


"Simba"
Mistura de Beagle com Podengo Português

O "Simba" chegou e chocou xD 
Uma funcionária da escola primária perguntou-me se queria um cãozinho e não hesitei em responder que sim. Um tempo antes de sair a funcionária entra na sala de aula com o "Simba" e disse que a minha prenda tinha chegado. O "Simba" ficou no pátio até as aulas terminarem. Os meus pais não gostaram muito da minha decisão de ficar com ele mas perguntaram-me a mim se o queria, não a eles xD
O meu menino tem atualmente 7 anos. *-*


"Peluche" 
Mistura de Spitz Japonês

Foi amor á primeira vista *-*
Uns clientes da minha mãe chegaram cá a casa com o pequenote e perguntaram-nos se o queríamos. Não resistimos àquela pequena bolinha de pêlo branca e decidimos ficar com ele. O "Peluche" tem tanto de meigo e brincalhão como de lindo. *-*
Infelizmente o meu príncipe sofre de Epilepsia e tem ataques violentos que o deixam cego e surdo, sem capacidade de reação. Os ataques não são muito frequentes mas acontecem mais vezes no Verão. 
O Peluche tem 7 aninhos e já foi pai de uma ninhada linda com a "Matilde" :3


"Matilde"
Terrier Irlandesa 

A "Matilde" é um dos muitos exemplos de cães abandonados e maltratados. A única diferença é que a "Matilde" encontrou uma casa, uma família, e muito amor. Esta princesa estava atada por uma pata a uma árvore num bosque aqui perto. Roeu a corda e fugiu para a casa mais próxima: a minha. Chegou extremamente magra, ferida e fraca. 
Na altura eu queria muito uma cadelinha pois já sentia a falta de uma presença canina feminina cá na quinta (porque na altura tinha morrido a minha cadelinha já com 11 anos). A "Matilde" instalou-se cá na quinta como se casa sempre tivesse sido dela. E acabou por ficar. É um amor. Sempre disposta a agradar, sempre a pedir festas, sempre brincalhona mas é também muito medrosa. A "Matilde" tem atualmente cerca de 7 anos e já foi mãe de uma ninhada com o "Peluche". 


"Estrelinha"
Border Collie

Tal como a "Matilde" o inicio de vida da "Estrelinha" também não foi nada fácil. E tudo começou assim que nasceu. Os antigos donos cortaram-lhe a cauda e as orelhas. Cerca de um ano depois deixaram-na sozinha no campo. A "Estrelinha" apareceu cá na quinta muito magra e ferida de uma pata. Calculei que os meus pais não fossem gostar da ideia de acolher mais um cão e por isso decidi esconde-la na quinta com a ajuda da minha prima. Problema: Os Border Collie's nunca param quietos e um dia cheguei ao abrigo que lhe fiz e... onde está a "Estrelinha"? Os meus pais descobriram-na e não tiveram coragem de a mandar para a rua. É super meiga, adora atenção, adora brincar, correr, correr e correr. Tem atualmente 4 anos. 


"Oscar"
Pastor Alemão

Bem, já toda a gente conhece o "Oscar" :p
Vou então deixar apenas aqui o resumo da história do meu menino especial:
Na verdade o único cão planeado foi o "Oscar". Desde muito pequena que sempre adorei pastores alemães e esperei anos por ele. Quando finalmente a amiga da minha mãe telefonou a dizer que a "Astrid" e o "Fritz" (pais do "Oscar") iam ser pais eu nem acreditei. E depois pronto, dois meses depois nasceram os bebés. De uma ninhada de cinco, apenas o "Oscar" e uma irmã sobreviveram aos primeiros dias de vida. O "Oscar" chegou cá a casa dois dias antes de completar os dois meses. Ele é simplesmente perfeito. *-*
Brincalhão, protetor, inteligente, lindo, forte, meigo (com a família), obediente... adoro todos os meus cães mas o "Oscar" é sem dúvida o especial. 
O meu lindão tem atualmente 3 anos e é bisneto de um dos quatro cães que entram na série policial portuguesa "Inspector Max". 

Espero que tenham gostado.
Continuem a Assombrar!

7 comentários:

  1. Só por cause deste post pus-me no meio do sótão com as aranhas à procura de umas fotos antigos dos cães que passaram pela vida dos meus pais xD

    ResponderEliminar
  2. Porque não foi muito original da minha parte fazer "copy & paste" XD
    Sim, os meus dois irmãos continuam loirinhos e fofinhos xD

    ResponderEliminar
  3. A esperança é a última que morre :b
    Tão cedo eu não volto a Portugal. Quem ainda está aí é os meus pais e o meu irmão mais novo.

    ResponderEliminar
  4. És o primeiro ser humano a dizer-me isso. Tenho paciência para animais pois apesar de inteligentes são mais lentos mas para pessoas? xD
    Toda a gente diz que tenho pouca paciência xD

    ResponderEliminar
  5. óooh! São tão fofinhos! Amei seu cães *-*
    Andei lendo seus textos e gostei muito!
    Mas como você escreve coisas tão inspiradoras? Existe alguma técnica para escrever com o coração?
    Meu blog também fala sobre essas coisas de sentimentos, mas não sou tão boa. Visita?
    Beijos Zoey!
    PS: Gostei do seu nome, kkkkk!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada *-*

      Em grande parte dos textos eu apenas escrevo o que sinto. Noutros me inspiro naquilo que sinto e crio uma pequena história com isso kkk. Eu não conheço nenhuma técnica eu escrevo simplesmente com o coração. Pra mim escrever é como uma terapia e fico muito, muito feliz que tenha gostado. =)

      Claro que vou visitar seu blogue. =)
      E obrigada por gostar do meu nickname kkkk.

      Beijo.

      Eliminar